Sabemos que tudo no Universo consiste em energia que vibra em frequências específicas. Podemos notar que os nossos pensamentos, emoções e até o nosso espírito estão repletos de força e energia.

A frequência vibracional é definida como a taxa à qual os átomos e as subpartículas de um ser ou objeto vibram. Quanto mais alta for a frequência vibracional, mais próxima está da frequência da Luz. Cada palavra que falamos ou pensamos, envia uma vibração que atrai uma experiência de vibração semelhante. Se enviamos medo, atraímos medo. Se enviamos amor, atraímos amor.

Tudo no Universo é energia e a energia vibra em ritmos diferentes. Cada pessoa tem uma vibração única, que é o resultado de todas as influências que já experimentou. Influências sobre as quais focamos a nossa atenção e que determinam e definem a nossa vibração.

As vibrações negativas são aquelas que estão associadas aos chakras inferiores, aquelas que têm a ver com o que consideramos serem emoções ou sentimentos “negativos”, onde se incluem o ódio, a raiva, a inveja, o ciúme, a dúvida, o medo (do fracasso, da perda, da falta, etc), impaciência, desarmonia, insegurança, desequilíbrio, julgamento (quer do próprio quer dos outros), etc. Já as vibrações positivas são aquelas como o amor, a compaixão, a compreensão, a harmonia, a paz, o equilíbrio, a bondade, etc.

As chamadas vibrações “negativas” não são negativas em si. Todos nós, em algum momento, experimentámos raiva, medo ou dúvida. Essas vibrações só são prejudiciais quando baseamos as nossas palavras ou ações nelas. É a nossa intenção por detrás da palavra que define ou envia uma vibração. Podemos sentir raiva ou ódio de algo ou alguém e ainda assim fazer a escolha consciente de agir com amor em vez de agir por raiva. Mesmo quando a vontade é de agir com raiva, temos sempre a escolha de agir em amor. Agir em amor não só atraíremos para nós experiências de vibração semelhantes, como também atraíremos para nós pessoas com a mesma frequência vibracional.

A nossa própria vibração é aquela em que nos sentimos mais confortáveis e constitui “a zona de conforto vibracional” específica para cada um de nós. A nossa vibração atrai para nós pessoas que partilham frequências vibracionais semelhantes para que possamos permanecer nessa zona de conforto. Quando estamos perto de pessoas que têm uma vibração muito diferente da nossa, seja uma vibração superior ou inferior, sentimo-nos fora do nosso elemento.

A escala vibracional pode ser medida pela escala de Hawkins que varia numa linha graduada que vai de 20Hz até 1000Hz, cada uma correspondendo a uma emoção (ver imagem abaixo). Pode dizer-se que funcionamos como uma estação de rádio em que emitimos uma frequência ao universo e atraímos algo semelhante para as nossas vidas.

 

 

Medindo Frequências Vibracionais em Seres Humanos

Em seres humanos, a frequência vibracional pode ser medida com uma máquina de biofeedback que detecta ondas cerebrais, tensão nos músculos e ligamentos e temperatura da pele, entre outras coisas, e dá uma leitura em megahertz (MHz).

Se você estivermos doentes ou indispostos, nossa frequência vibracional será mais baixa. Se  estivermos saudáveis e bem, nossa frequência vibracional será mais elevada. A média do ser humano saudável tem uma frequência de 62 MHz a 70 MHz . Quando  ficamos resfriados, cai para cerca de 58 MHz. Pessoas próximas da morte geralmente chegam em torno de 25 MHz.

Medindo frequências vibracionais de alimentos e plantas

Uma das primeiras pessoas a reconhecer e medir as frequências vibracionais das plantas foi Bruce Tainio, que criou um dispositivo que permitiu fazer essa analise . Essa máquina sensível poderia detectar e medir a frequência bioelétrica média de plantas e outros alimentos, atribuindo a cada uma um valor em megahertz (MHz).

Alimentos processados ​​e carnes têm cerca de 0-7 MHz.

Alimentos verdes e frutas vêm em 15-70 MHz.

Plnatas prensados ​​a frio (oleos essenciais concentrados!) Têm uma taxa ainda maior!

Os óleos essenciais podem aumentar nossa frequência vibracional?

O que acontece quando adicionamos água quente à água fria? A temperatura da água fria aumenta. Da mesma forma,a  nossa frequência vibracional pode mudar (para cima ou para baixo) dependendo da frequência vibracional dos alimentos que consumimos, da quantidade de stress em nossas vidas, do ar que respiramos e dos relacionamentos dos quais fazemos parte.

Como os óleos essenciais são medidos como a frequência mais alta de qualquer substância natural,ele têm o maior potencial para aumentar nosso ViQ (quociente vibracional).

É um dos principais motivos pelos quais os óleos essenciais extraídos de pétalas, caules e raízes de plantas ganharam popularidade como tratamentos médicos alternativos e ferramentas para o bem-estar geral .

Deixo -vos aqui uma tabela de comparação para perceberem a vibração de vários elementos.

 

NEWSLETTERS- SUBSCREVA AQUI

Subscreva as minha newsletters e seja o primeiro a saber as datas das próximas formações, eventos e todas as promoções e novidades.

Susana Osório 4

Comentários do Facebook

SUSANA OSÓRIO – CENTRO HOLÍSTICO | R. Casal de Voz 565, 4780-018 Areias, Portugal

CONTACTOS

938 658 574

 

geral@susanaosorio.pt

Rua Casal de Voz  n.565 , 4780-018 Santo Tirso

Consultoria Digital & Web Design por Seize Your Biz | 2021 - Susana Osório - Todos os Direitos Reservados

Pin It on Pinterest

X